Passo a passo: como implantar um e-commerce B2B e aumentar a receita!

Grande parte dos empreendedores que trabalham com o mercado Business to Business já entenderam a importância de investir em uma plataforma específica para compra e venda. E isso não é uma surpresa!

Afinal, como o portal BigCommerce mostra, a expectativa de crescimento anual do comércio eletrônico B2B é de quase 20% ao ano, avaliado em U$ 6,7 trilhões só em 2020! Então, é esperado que cada vez mais pessoas busquem saber como implantar um e-commerce B2B.

Crescimento do e-commerce B2B no Brasil

Conforme os dados apontam, não basta saber o que é e-commerce B2B se você quer chegar mais longe. É necessário entender, na prática, como usufruir dessa tendência — que não é nada passageira — e aumentar a receita.

Por isso, neste conteúdo, vamos apresentar um passo a passo. Com ele, você saberá exatamente por onde começar a multiplicar resultados!

Continue a leitura!

O que é o e-commerce B2B?

Para entender como implantar um e-commerce B2B, o primeiro passo é saber do que ele se trata.

Basicamente, essa ferramenta permite que compradores e vendedores comercializem mercadorias por uma plataforma online, a qualquer hora e local.

Você também pode se interessar por:
-> E-commerce B2B: o que é e como ter sucesso com as vendas online

Quais são as vantagens de implantar um e-commerce B2B?

Se os dados apresentados não foram suficientes, é hora de conferir os benefícios palpáveis da implantação de um e-commerce B2B. Acompanhe!

Fim das barreiras geográficas

Antigamente, era impossível vender para clientes de estados distantes do seu — e até mesmo cidades — sem viajar. Apesar de as viagens serem importantes para manter o contato pessoalizado e próximo, elas limitam a quantidade de pessoas que podem receber atendimento de uma só vez.

Após entender como implantar um e-commerce B2B, esse cenário muda! Afinal, pessoas de todo o país podem realizar pedidos e recebê-los em poucos dias, sem burocracias e com muito mais rapidez. Desse modo, as barreiras geográficas deixam de ser empecilhos para maiores receitas.

Atendimento a diferentes perfis

Com a praticidade de uma loja virtual B2B, qualquer pessoa, de qualquer perfil, pode realizar pedidos. Isso porque o e-commerce B2B é um funcionário que não precisa ser treinado! Assim, basta personalizar a plataforma para deixá-la com a cara do seu público-alvo, sempre priorizando a boa experiência do cliente, e esperar os pedidos chegarem!

DROP do EP #67 do Mercoscast, o programa e podcast quinzenal da Mercos!

Mais opções de pagamento

O ambiente online oferece múltiplas possibilidades, tanto para quem compra quando para quem vende. Em consequência, os clientes ficam cada vez mais exigentes, pois encontram diferentes opções de pagamento nas plataformas em que navegam. Por isso, é fundamental se adaptar e ampliar a gama de alternativas oferecidas na hora de pagar.

Com uma boa plataforma de e-commerce B2B, isso é possível. Basta estudar e entender as dores e demandas do público nesse sentido e oferecer a eles as opções que buscam!

Redução dos custos

Após entender, de fato, como implantar um e-commerce B2B, essa é uma vantagem que ficará bem clara para você. Em síntese, após o valor gasto no investimento para ter a loja online, você verá que o custo para manter a plataforma funcionando será quase 0.

Sim! Esse é o grande benefício de aliar o digital às estratégias presenciais e offline. Os custos são muito baixos. Sobretudo, em função do retorno de receita que tendem a trazer. Por isso, aliar a aquisição de um e-commerce B2B com a implementação de outras estratégias digitais faz todo o sentido! Alguns exemplos disso incluem:

  • realizar campanhas nas redes sociais;
  • produzir conteúdo relevante e de qualidade no seu segmento;
  • usar e-mail marketing e fluxos de nutrição para levar novidades e informações ao público;
  • estar presente em diferentes canais de atendimento, entre outros.

Mitigação de erros operacionais

Sejamos honestos: quanto maior o pedido, maiores as chances de que ocorram erros na entrega, certo? Afinal, são muitos itens para avaliar, como:

  • atendimento presencial;
  • separação dos itens em estoque;
  • logística;
  • conferição…

Isso quando o cliente não decide fazer o pedido por WhatsApp ou e-mail, o que força a equipe a avaliar item por item e buscá-los no estoque.

Com o e-commerce B2B, o próprio comprador faz seu pedido, paga e aguarda. Da sua parte, resta apenas separar os itens e encaminhá-los para o envio.

Tudo centralizado em um só local e integrado ao seu sistema de vendas!

Pedidos a qualquer hora

Não estar disponível em fins de semana, feriados e fora do horário comercial é um erro. Isso porque aumenta as chances do comprador buscar a concorrência caso não seja atendido por você.

Porém, esse fato não precisa significar sobrecarga do time e trabalho em turnos de descanso. Basta seguir com a inovação dos negócios e se aprofundar em como implantar um comércio eletrônico B2B! Com ele, seu cliente poderá fazer pedidos a qualquer hora e lugar, com praticidade e rapidez.

Preposto virtual do representante

Se você é um representante comercial e está lendo este conteúdo, pode estar imaginando que uma plataforma B2B pode roubar seu trabalho. Contudo, isso não é verdade! Pelo contrário.

A visita presencial nunca deixará de ser importante. O e-commerce B2B é uma adição importante ao negócio — e pode, inclusive, beneficiar muito você!

Pense nessa ferramenta como um preposto virtual. Por meio dele, você:

  • atende mais clientes;
  • finaliza mais pedidos;
  • dá atenção a compradores menores ou distantes;
  • amplia as oportunidades, como a de ligar, oferecer outros produtos e aumentar o pedido de alguém que já comprou com a representada, entre outros.

Personalização

Por fim, mas não menos importante, há a vantagem de personalizar seu e-commerce B2B conforme o momento vivido. Isso significa não precisar ficar preso a uma identidade visual, gama de produtos ou estilo de venda. Sempre que desejar, você mesmo pode readaptar a plataforma para atender novas demandas. Tudo com rapidez e facilidade!

Exemplo de e-commerce B2B já implementado
Exemplo de e-commerce B2B

Você também pode se interessar por:
-> Entenda como funciona o e-commerce B2B e supere a concorrência!

Como implantar um e-commerce B2B?

Você já entendeu a relevância e os benefícios de saber como implantar um e-commerce B2B, certo? Então, vamos para a parte prática! Aproveite as vantagens trazidas acima e adéque-se às demandas da era digital seguindo as dicas abaixo!

Escolha a plataforma certa

Sem dúvidas, o primeiro passo para implantar uma loja online B2B é tirar todas as suas dúvidas sobre o processo. Existem empresas especializadas na implantação desse tipo de plataforma com segurança — tanto para você, quanto para os clientes.

Sabendo disso, é extremamente recomendado conversar com a equipe das organizações que interessarem a você. Assim, você consegue entender o funcionamento prático do e-commerce e seguir para os próximos passos.

A Mercos é referência na entrega de uma plataforma completa, prática, intuitiva e funcional. Inclusive, nosso case de sucesso com a Decor Importadora é reflexo disso. Em apenas 3 meses usando o e-commerce B2B da Mercos, a empresa passou de 5K para 50K em receita!

Banner Case Decor - E-commerce B2B

Mapeie os processos de venda

Após escolher a plataforma ideal, é hora de realizar algumas atividades internas. Ou seja, entender exatamente como seu processo de vendas está operando atualmente. Vale tudo!

Pontuar gargalos, entender os pontos fortes e diferenciais do negócio, coletar feedbacks da equipe, mapear rotas… Todo o necessário para entender como implantar um e-commerce B2B e fazer o melhor uso possível da plataforma na sua realidade.

Mas não se preocupe: feito isso, com o Mercos, não será preciso ter mais trabalho. A integração com nosso força de vendas permitirá que você reaproveite os dados de seus clientes e comece a vender imediatamente!

Defina os segmentos a serem atendidos

Se você é uma empresa ou representante comercial que atende diferentes segmentos, saiba que não é obrigatório disponibilizar a ferramenta para todos eles. Apesar de facilitar o processo de vendas, é fato que alguns clientes vão preferir sempre a visita presencial. Sobretudo os menores, não é verdade?

Com o Mercos, é necessário liberar o acesso do cliente à plataforma. Desse modo, pode fazer isso apenas para aqueles compradores que você sabe que vão engajar com a ferramenta.

Além disso, não esqueça de acompanhar a jornada desses compradores, certo? Assim, você identifica potenciais problemas com antecedência. Em consequência, conquista os melhores resultados possíveis com o e-commerce B2B.

Capacite a equipe

Após entender como vai segmentar os clientes, treine a equipe para fazê-lo. Dessa maneira, eles poderão oferecer o melhor atendimento possível aos compradores. Acredite, esse é um diferencial de peso para quem deseja trabalhar online!

Inclusive, segundo dados empresas humanizadas — que oferecem um atendimento com essa característica — conseguem fidelizar 240% mais clientes. Vale a pena revisar a cultura organizacional. Dessa forma, você se adapta a mais essa tendência!

Avalie a necessidade de integração

Se você tem um Força de Vendas como o Mercos, já sabe que o e-commerce B2B será totalmente integrado a ele, certo? Mas a notícia boa é que, caso você conte com um ERP integrado ao Mercos, ele também será integrado ao B2B!

Portanto, você não terá trabalho algum ao adotar a nova ferramenta! Em adição, poderá reaproveitar todas as informações de produtos e clientes dentro dela.

Solicite uma demonstração do e-commerce B2B Mercos

Divulgue a plataforma

Quando estiver com tudo organizado e devidamente personalizado para o seu público-alvo, avise os clientes da novidade. É recomendado usar diferentes meios de comunicação para isso. WhatsApp, e-mail e redes sociais são bons exemplos. Dessa forma, eles saberão da novidade e poderão tirar dúvidas com você sobre seu uso.

Nesse momento, a necessidade de treinamento ficará ainda mais latente! Afinal, a equipe precisará estar a postos e pronta para ajudar os compradores com seus questionamentos. Porém, com paciência e compreensão da dor do cliente, o processo será simples e renderá bons frutos!

Acompanhe os indicadores

Por fim, mas não menos importante, é hora de falar sobre indicadores e métricas de vendas. Muitas pessoas contratam ferramentas inovadoras e automatizadas, como uma loja virtual B2B. Porém, não exploram seu potencial por completo. Nesse sentido, o e-commerce da Mercos oferece uma série de indicadores e relatórios!

Eles ajudam você a tomar decisões com base em dados confiáveis — em vez de achismos. Outros exemplos de indicadores presentes no Mercos incluem:

  • evolução de venda;
  • conversão;
  • quantidade/valor vendido de um produto ou categoria;
  • valor diário em vendas de produtos;
  • faturamento por vendedor.

Assim, suas futuras decisões serão a base para manter os resultados crescendo exponencialmente. Em consequência, você poderá perceber, na prática, a diferença que abraçar a transformação digital e levar praticidade para os seus clientes faz.

Agora que você já aprendeu como implantar um e-commerce B2B, o passo final é adotar o seu! O e-commerce B2B da Mercos ajuda você a potencializar e gerenciar suas vendas, além da garantir todos os benefícios trazidos neste conteúdo. Aproveite as oportunidades!

Solicite uma demonstração do e-commerce B2B Mercos

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Shares