Saiba quando e como cobrar o pagamento de comissão sobre as suas vendas!

7 minutos para ler

Você, representante, sabe quando deve receber o pagamento de comissão sobre vendas? Essa é uma dúvida comum, especialmente pela situação delicada que ocorre quando a gestão não efetua os pagamentos corretamente e o vendedor precisa cobrar.

Mas não se preocupe! Neste conteúdo, trouxemos informações legais e dicas para que você conheça seus direitos e receba adequadamente pelo bom trabalho que faz.

Acompanhe! 

O que é a comissão sobre vendas?

A comissão sobre vendas é um componente essencial da remuneração dos representantes comerciais, oferecendo incentivos e recompensas baseados no desempenho individual.

Trata-se de uma porcentagem adicional sobre o valor das vendas realizadas, que serve como uma forma de reconhecimento pelo esforço e sucesso na geração de negócios. Porém, a comissão sobre vendas não apenas recompensa o esforço individual, mas também alinha os interesses dos representantes aos objetivos da empresa, promovendo uma cultura de alto desempenho e resultados.

Quando realizar o pagamento de comissão sobre vendas?

Conforme a Lei 4.886/65, que regula as atividades dos representantes comerciais autônomos, o direito às comissões ocorre até o dia 15 do mês seguinte à liquidação do pedido ou da proposta.

Mas o que isso quer dizer?

Em termos simples, a lei indica que o pagamento de comissão sobre vendas ocorre quando o dinheiro da venda entra em caixa (até o dia 15 do mês seguinte).

Já a gestão que optar por contratar vendedores pela CLT deve seguir as regras da Consolidação das Leis do Trabalho.

E os pagamentos não confirmados?

O que acontece quando o pedido é feito e o pagamento não se confirma? O valor também não é pago? 

Bem, depende de cada situação. Em geral, muitas empresas pagam comissões rigorosas sobre aquilo que receberam. Se pararmos para pensar, faz sentido.

O representante comercial é um parceiro de negócios da empresa, certo? Por essa razão, diferente de um vendedor empregado, ele acaba assumindo os riscos inerentes às vendas, inclusive o da inadimplência.

Mas tenha em que mente que, caso o cliente simplesmente não pague, a empresa não é obrigada a pagar as comissões. Porém, deve que avisar formalmente o representante da inadimplência.

Dessa forma, caso o pagamento do produto seja parcelado, o representante poderá receber apenas na liquidez total das parcelas, a depender do acordo entre as partes. 

É possível receber o pagamento de comissão sobre vendas já no lançamento do pedido?

Sim, é possível. Apesar de a lei indicar que o pagamento deve ser feito até 15 dias após o dinheiro entrar em caixa, algumas empresas, até mesmo para manter um bom relacionamento, preferem pagar a comissão quando o pedido é lançado, ou ao final do mês corrente.

Neste caso, elas devem assumir as responsabilidades por uma eventual falta de pagamento. Portanto, caso o cliente cancele ou não confirme, o pagamento de comissão sobre vendas será feito de qualquer forma e pode ser cobrado.

Consequentemente, a representada arcará com o prejuízo das comissões que decidiu adiantar.

De quem são as responsabilidades sobre o pagamento das comissões?

Independentemente do modelo de contratação do vendedor externo (CLT ou autônomo), a responsabilidade do pagamento de comissão sobre vendas é da empresa e de sua gestão comercial. Porém, a maneira de conduzi-lo muda a depender da escolha. Entenda!

Contratação CLT

Quando a empresa contrata segundo as normas da CLT, os riscos e responsabilidades são dela. 

Afinal, conforme dito, existe um contrato regido pela Consolidação das Leis do Trabalho, que dá direito ao funcionário de receber pelo seu trabalho independentemente da liquidez das parcelas.

Claro, ele também não precisará receber as comissões de pagamentos não efetuados. Mas mesmo que as vendas estejam fracas, o vendedor contratado continuará recebendo normalmente o salário e todos os benefícios previstos. 

Por isso, normalmente, o custo de manter um vendedor tende a ser maior do que o gerado pelo representante comercial.

Representante comercial

Muitas empresas optam por trabalhar com representantes comerciais justamente pela flexibilidade no pagamento de comissão sobre vendas.

Isso porque tanto o modelo de comissionamento quanto o pagamento, em si, podem ser acordados entre as partes.

Contudo, o que foi acordado precisa ser cumprido ou renegociado. Caso contrário, o representante poderá fazer valer o que a Lei 4.886/65 prevê e até mesmo encerrar a parceria em função da insegurança que a gestão gera.

Como o representante pode controlar o pagamento de comissão sobre vendas?

Existem duas características da profissão de representante comercial que merecem cuidado especial: saber que a mudança é a única certeza e que a tecnologia é uma parceira

Um dos aspectos mais importantes dessa área é o de se adaptar facilmente às mudanças, inclusive às que ocorrem nas regras de comissionamento das pastas. Quem não tem essa capacidade pode enfrentar grandes dificuldades. 

Nesse sentido, o profissional que não utiliza a tecnologia corre o risco de ficar para trás. Ele não só não acompanha as mudanças que a representada faz no pagamento das comissões, mas também não acompanha o mercado, que se torna cada vez mais dinâmico.

É hora de saber como controlar suas comissões e, de quebra, conquistar ferramentas que ajudam você a vender mais, ganhar tempo e se organizar.

Faça o controle por representada

Com um força de vendas para representante comercial, voltado a organizar sua operação comercial, você acompanha as regras de comissionamento de cada uma das suas representadas. Basta cadastrá-las com as devidas políticas no Mercos.

Imagem mostrando que no Mercos é possível ver a comissão que cada pasta paga na aba Representadas.
Clique em qualquer uma de suas representadas e saiba como funciona seu comissionamento em segundos!

Com isso, sempre que estiver vendendo, poderá acessar detalhes e entender os acordos da gestão comercial com você.

Se preferir, faça o controle por pedido

Além do controle por representada, o Mercos também permite a você acessar o pagamento de comissão sobre vendas envolvido em cada pedido.

Imagem mostrando a aba de comissões e faturamentos do Mercos, dentro de Pedidos, permitindo que o representante entenda o pagamento de comissão sobre vendas dele.
Ao clicar em Comissões e Faturamentos você acessa detalhes do comissionamento envolvido em cada um de seus pedidos, para um controle eficiente!

Aqui está um exemplo. Dentro da aba “pedidos”, basta clicar em um pedido gerado, em “Mais opções” e em “comissões e faturamentos” para entender todos os detalhes necessários para um controle eficiente.

E não é só isso! Com o Mercos, você vai muito além do controle de comissões:

  • emita e faça o controle de pedidos (inclusive offline!)
  • cadastre e gerencie clientes
  • saiba quais produtos e clientes geram mais retorno para as representadas
  • faça a gestão de cada pasta individualmente
  • acesse, em minutos, indicadores como Curva ABC, positivação de clientes e faturamento para acompanhar suas metas
  • acompanhe sua agenda para não perder nenhum compromisso e muito mais!

Conte com a tecnologia!

Gostou de saber como acompanhar e cobrar o pagamento de comissão sobre vendas de suas representadas? Com a tecnologia certa, você não precisa mais perder tempo com planilhas e bloquinhos. Use o tempo que sobrar para vender ainda mais!

Aproveite também para testar o Mercos grátis e sem compromisso. Não pedimos cadastro de cartão!

Letícia Silveira
Analista de conteúdo
Especialista em conteúdos para o mercado B2B, com ênfase em vendas e marketing para representantes e gestores comerciais de indústrias e distribuidoras.
Posts relacionados

4 comentários em “Saiba quando e como cobrar o pagamento de comissão sobre as suas vendas!

  1. Olá , no meu caso vendo aluguéis de carro, faço o fechamento na hora do cliente fazer a reserva não tem carro disponível. Tendo isso não bati meta e não recebo comissão , como ficaria isso ?

  2. Boa tarde, fui contratada como PJ através da minha empresa ME e a empresa não está pagando as comissões devidas… Isso se encaixa na legislação de representação, mesmo não tendo registro como um representante, mas tendo a função de um vendedor? obrigada

    1. Boa tarde, Lígia! Agradeço por compartilhar sua situação. É importante considerar alguns aspectos legais ao lidar com o não pagamento de comissões. Primeiramente, é crucial analisar os termos do contrato que você possui com a empresa. Se houver um contrato formal que estabeleça claramente as condições para o pagamento de comissões, esse documento será fundamental para fundamentar suas reivindicações.

      Se não constar nada que justifique o pagamento em contrato, a empresa estará deixando de cumprir as obrigações contratuais e pode haver respaldo legal para buscar a regularização dessa situação. Recomendo que você mantenha registros detalhados de suas atividades de venda, comprovações de resultados alcançados e qualquer comunicação relacionada ao não-pagamento das comissões. Então, que busque Assessoria Jurídica, se necessário.

      Sigo à disposição!

  3. Boa tarde, ninguém fala nisso, mas acontece muito, as fábricas debitam dos escritórios e os mesmos dos prepostos,o valor da venda caso o cliente não pague as duplicatas.
    O que a lei fala sobre isso?

Deixe um comentário

Shares